Emploi Québec – Ajuda governamental pra arrumar emprego

ChangeDirection1Pensando na vida e na minha carreira, secretária executiva, fiz umas pesquisas no site do emploi québec, perfil, salários, possibilidades de crescimento e satisfação pessoal, cheguei a conclusão que não quero mais trabalhar nessa área. Cada um tem suas razões pessoais pra trocar de carreira, eu particularmente não estou disposta a continuar num ritmo de trabalho que não tem muito horário fixo, porque aqui também acontece a mesma coisa que no Brasil. O horário da secretária é o mesmo do chefe, independente se o contrato diz que é das 8h00 às 17h00. Já que eu tenho a possibilidade de mudar de vida, porque não?

Bom, resolvi ainda assim testar os serviços do emploi quebec, só pra me certificar se as pesquisas que fiz tem dados confiáveis e porque não me informar diretamente com a fonte como é o mercado de RH, meu alvo.

Primeiro liguei no centro de emprego da minha região. No site você deve entrar seu cep e descobrir qual  é a unidade certa pra você ir. Abrir dossier é facil, basta levar o cartão de saúde e um comprovante de endereço e preencher o formulário. Após abrir seu cadastro eles marcam uma reuniao com o consultor de carreira.

Cheguei na hora marcada, esperei uns minutinhos e enquanto isso ouvi um casal conversando atrás de mim. Brasileiros tambem esperando seu consultor. Mundo pequeno descobri que eles sao vizinhos de condomínio :). Chegou minha vez. Após checar o formulário preenchido, o consultor perguntou qual emprego eu gostaria de focar dentro da minha experiência professional.  Foi minha deixa pra dizer que na verdade queria reorientar minha carreira. Delicadamente o consultor disse que eles apenas ajudam a gente se recolocar, não existe tutela pra troca de carreira, mas ele como professional de Rh se colocava a disposição pra responder minhas perguntas sobre essa área que é o meu novo alvo. Fiquei impressionada com a educação e o tempo que ele me dedicou. Gente fiquei uma hora e dez na sala do consultor, tirando duvidas e perguntando sobre as pesquisas que tinha feito sobre a área no site, validando números e estatísticas da profissão, qual curso , em qual universidade valeria a pena, ou que o mercado reconhece melhor, se estou em idade de recomeçar do zero (ele quase riu quando eu disse que tenho 34 e me achava meio passadinha pra recomeçar, se o mercado me aceitaria bem.)

logo_eqEle ainda viu meu cv e me disse que se eu quiser voltar e continuar o processo pra conseguir um emprego na minha área não seria dificil e eu poderia imediatamente marcar uma entrevista pra revisar o curriculum com alguém que se dedica só a isso. Como não quero trabalhar agora,  deixo a oportunidade pra outra pessoa e não vou tomar o tempo de um profissional á toa.

Enfim, sai de lá com um monte de informação da nova área, e bastante motivada na verdade. Lá vou eu me sentar mais uma vez nos bancos da universidade…espero que eu tenha fôlego pra conseguir chegar ao fim de mais um curso.

A experiência foi muito positiva, mesmo tendo ficado apenas na primeira fase do processo. Sucesso aos que forem buscar ajuda por lá!

5 opiniões sobre “Emploi Québec – Ajuda governamental pra arrumar emprego

  1. Oi, Adriana! Mto bom seu post. Vou indicar agora pra minha esposa ler pois ela tbm é do secretariado e pensa mto em redirecionar a carreira qdo chegarmos aí. Talvez vcs possam trocar umas ideias melhor em off. Fico boquiaberto tbm com seu relato. Pelo visto, essa ajuda profissional ajuda mesmo. Boa sorte! Ainda estou esperando a visita de vcs lá no nosso blog: http://www.pensologoimigro.wordpress.com

  2. eu tb sou formada em secretariado pela Fatec- SP, trabalho na área, estou na fase do processo federal, aguardando o pedido dos exames médicos. Acho que no Canadá vou mudar de área pq p/ trabalhar como secretária, exige uma redação impecável e um vocabulário técnico da empresa bem claro para atender os clientes, isso é quase impossível nos primeiros anos, tenho 33 anos e não importo em voltar aos bancos de uma nova facul se for necessário.

Deixe uma resposta para Thiago Ocampo Cancelar resposta

OU COMENTE USANDO O FACEBOOK