Respeito ao consumidor e a Bell

Bell é lider em reclamações (clique para ler o artigo na CBC)

Bell é a lider em reclamações (clique para ler o artigo na CBC)

Sabe aquela empresa de telefonia estatal que foi privatizada mas ainda pensa como empresa do governo e ainda acha que detém o monopólio do mercado? Se você está pensando que estou falando de alguma empresa do antigo sistema Telebrás errou. Estou falando da Bell Canadá, a principal empresa de telecomunicações do país e um verdadeiro elefante branco.

No Brasil as companhias telefônicas estão no topo da lista de reclamações do Procon, obviamente aqui no Canadá é exatamente a mesma coisa. Segundo um relatório do Better Business Bureau as empresas de telefonia móvel estão no topo das reclamações, TV a cabo e telefonia em geral estão também entre os top 10.

Meu problema foi com a Bell, muitos amigos meus são clientes dessa empresa e estão satisfeitos com o serviço, outros já partiram para fornecedores alternativos. Então, para não entrar em polêmicas, vou me limitar a contar a minha história com a Bell e deixar que você tire as suas conclusões.

Ato 1 – O primeiro contrato

Sem muito tempo para pesquisar, escolhi a Bell como fornecedora de telefone fixo e internet assim que eu cheguei. A instalação foi rápida e serviço bom.  Contratei um pacote de telefone fixo + internet 7mb com modem wireless .

Mas quando chegou a primeira fatura o preço não era exatamente o que estava no site da Bell quando fiz a compra, várias tarifas (emergência 911, aluguel do modem, etc) estavam na fatura mas não apareciam na loja virtual da empresa. A diferença era pequena – menos de 10 dólares por mês –  mas me senti enganado.

Ato 2 – Televisão

Após vários meses decidimos contratar TV por assinatura. A opção da Bell seria mais barata por que traria descontos ao associar os 3 produtos do mesmo fornecedor. Mas na maior parte da cidade a TV da Bell é via satélite, nos obrigando a instalar aquelas parabólicas pequenas no exterior do prédio. Mas isso não era permitido pelo proproprietário do apartamento.

A saída foi contratar a TV da Videotron que utiliza tecnologia por cabo. Para nosso espanto o preço apresentado no site da Videotron foi exatamente o mesmo que veio na fatura – pontos para a Videotron.

Ato 3 – Fim da promoção

Depois de um ano com a Bell acabou o preço promocional, ou seja, o preço que eu estava pagando incluía um desconto de um ano para novos clientes. Após um ano, o choque: o preço real era bem mais caro. O valor inicial era de cerca de 50 dólares + taxas pelos dois serviços, agora eu já estava pagando $75.

Ato 4 – Juntando tudo

Quando mudamos de apartamento resolvi juntar tudo num fornecedor só e economizar dinheiro.  No novo endereço a Bell oferecia um serviço de TV digital por fibra ótica dispensando a antena parabólica. Por outro lado os preços da Videotron para internet e telefone pareciam mais atrativos.

Assim que mudamos, recebi um panfleto da Bell oferecendo o seviço de TV, o preço (apenas da TV) era 69 dólares e a taxa de instalação 179$ ! Por outro lado, juntando os três serviços na Videotron o valor mensal ficaria em cerca de 110 dólares mais taxas. Obviamente mudei tudo para a Videotron, e o preço cobrado na fatura foi exatamente o mesmo apresentado no site e confirmado pela atendente do call center. E ainda mais, a Videotron me ofereceu o empréstimo gratuito do decodificador HD com gravador, por dois anos.

Ato 4 – A novela da desconexão

Desconectar é sempre uma novela, com a Bell não poderia ser diferente. Primeiro, você deve comunicar a Bell 30 dias antes da data de desconexão. Se você fizer como eu e ligar pedindo para desconectar no dia seguinte, vai ter que pagar mais um mês de serviço. Tem mais: existe uma taxa de desconexão da linha telefônica de 28 dólares.

Para ficar pior, um atendente muito chato me ligou tentando me convencer a ficar, ou melhor, voltar para a Bell. O valor proposto era um pouco mais barato do que eu fechei com a Videotron. Respondi que esse não era o preço que eu havia recebido no panfleto, e perguntei por quanto tempo duraria esse preço promocional, a resposta foi por um ano, depois o preço volta ao normal e ele não disse quanto seria. Neguei a proposta pois quero saber quanto vou pagar, pois além da questão do preço mutante tinha a falta de respeito ao cliente.

Ato 5 – A novela da desconexão II

Não acabou! Dois meses depois eu ainda estava recebendo as faturas da Bell. Sim o serviço de ADSL ainda estava ativo no sistema e eles estavam me cobrando. Após uma ligação super demorada o callcenter “achou” meu pedido de desconexão de maio, e prometeu reembolsar a combrança indevida já havia sido debitada no cartão de crédito.

Alternativas

Além da Bell e Videotron, existem outras empresas que fornecem acesso à internet em Montreal, incluindo ou não o telefone fixo. Pesquise as opções antes de contratar. E eu, como fui desrespeitado como consumidor,  só posso colocar a boca no trombone: “Bell nunca mais”.

Clique aqui para ver a parte 2

5 opiniões sobre “Respeito ao consumidor e a Bell

  1. Oi Sandro,

    Acho que todas as teles daqui deixam muito mais a desejar do que no BR. Além de muitos serviços estarem mais atrasados que do BR o atendimento ao consumidor é sempre péssimo. Suponho que pela ausência de um “PROCON” isso seja ainda mais grave que no Brasil.
    Tinhamos videotron (só internet) por vários anos, e nosso consumo sempre foi basicamente o mesmo.
    Teve um mes que sem mais nem menos, o consumo extrapolou absurdamente nosso teto. Como ngn aqui tinha consumido mais que o normal, estranhamos e pedimos detalhamento dos acessos (queriamos saber por exemplo se nossa conexao nao estava sendo “dividida” com algum espertinho, ou se tinhamos deixado alguma coisa usando banda sem perceber. Eles simplesmente disseram que nao podiam informar, em nome da necessidade de proteger o sigilo. Sigilo de quem se a conta era nossa e nos mesmos estávamos autorizando quebrar (já aconteceu o mesmo com Rogers e valores absurdos de ligaçoes “recebidas”, que pagávamos para receber!) ??
    Nao teve A nem B, tivemos que engolir a conta. Mas depois de vencido o bendito plano de 3 anos, mudamos para a Bell, mesmo sabendo que corriamos o imenso risco de ter uma droga de serviço: nossa única “resposta” era realmente trocar de fornecedor como forma de “protesto”, mas falo isso com a terrível certeza que estamos sendo bem ingênuos. Parece que nao fazemos nem cócegas, nao é? Enfim, depois dessa, fica a dica para controlar ao menos a cada dois dias como anda o “contador” que eles disponibilizam na internet, assim, se hover algum aumento significativo, vc protesta antes de receber a conta.
    Como só temos internet, até o momento nao tivemos problemas com a Bell, mas sei que tudo é uma questao de tempo. E depois, migraremos para onde?
    🙁
    Chegamos a consultar as cias. menores, mas descobrimos que elas compram “pacotes” da Bell ou da Videotron mais barato e revendem, ou seja, vc pode achar que tá fugindo e na verdade estar só tendo mais do mesmo. Sofremos o diabo com a Rogers, que infelizmente tem a melhor tecnologia (acho) e depois de muito discutir, passar raiva com atendentes 1000, mudamos para a Public, que é muito ruinzinha (mas nao dava para continuar com Rogers tb.) só para manter os nrs, pois agora temos cel das empresas que trabalhamos sem limitaçao.
    Ah, o oficio do consumidor do QC? Piada, e nao sao somente os Lapins que chegaram a essa conclusao nao, infelizmente…

    Boa sorte com as teles!
    Abraços
    Erika

  2. Já vi esse filme… Sinto muito pela sua dor de cabeça com a Bell, mas tenho amigos que já sofreram horrores com eles também… Aqui temos celular com a Bell e não estou satisfeita não… Acho a cobrança muito mal explicada. Mas também não acho Videotron a melhor coisa do mundo (internet e cabo). Bem, infelizmente não temos muitas escolhas!

  3. Nós quando chegamos contratamos o serviço da Bell para celular pré-pago. Compramos os celulares por $65 cada e o celular era daqueles beeeeeem basiquinhos mesmo. Fiquei revoltada em ter que pagar tão caro num aparelho que era péssimo e super antigo. Depois descobrimos uma promo da Tellus onde pagamos $55 por mês (tivemos que pagar $50 pelo aparelho iphone3, que estava saindo do mercado ,mas que pra gente tb não havia muito problema com isso) e resolvemos contratar a Tellus, pois comprando créditos pré-pagos para o celular, gastávamos para nós dois cerca de $100 a $120 por mês, pois era uma época de receber muitos telefonemas de emprego e de ligar para marcar rendez-vous, etc. Gastávamos muito e resolvemos trocar pois hoje pagamos $140 na Tellus tendo incluso pacotes de dados, msgs ilimitadas para qq número, 10 números para ligar de graça ilimitados (dia e noite) e ainda finais de semana para ligar de graça para qq número, inclusive em todo o Canadá.

    A internet e a tv a cabo assinamos com a videotron, que nunca nos deu problema nenhum. Mas por uma questão de cortar um pouco os gastos, trocamos recentemente a internet para a Colbanet (que faz parte da Bell), só que temos uma velocidade de internet 2x maior, pagando 1/3 do preço. O serviço de atendimento da Colbanet é beeeem ruinzinho mesmo, tipo, funciona até 9 da noite somente e durante o 1o mês, todos os dias de manhã nossa internet ficava bem lentinha, mas depois normalizou.

    Por enquanto estamos felizes com a Colbanet, pois pagamos $50 pela internet de 15M. E antes pagávamos o triplo do valor, sendo que tv a cabo era básica e cobravam 10$ na fatura, telefone convencional também custava $10 especificado na fatura e a internet mesmo custava uns 120$ (levando em consideração taxas em torno de $10). Então o que antes era em torno de $150, às vezes até mais pq tinha essa coisa de limite de download (e não é só download que fazemos via itunes não, é qq acesso à qq página mesmo, conta!!) de banda, então agora estacionou na casa dos $50 e sem limite de nada.

    Por enquanto está valendo, vamos ver quanto dura!!

  4. A fama da Bell é muito ruim em Toronto e por isso resolvemos arriscar com a Roger. Não vou dizer que o serviço é 100% mas não tenho grandes problemas com eles. Pelo menos não por enquanto, já que não descontinuei nenhum serviço.
    E comparando com o Brasil eu digo que até que ela é boa porque a telefonica era horrorosa quando eu estava lá e tive problemas de varios tipos com eles.

  5. Eu tinha internet e TV da Rogers mas mudei pra Bell pois eles me ofereceram um pacote melhor com o PVR HD, coisa que a Rogers não cobriu (liguei lá, ameacei aí e nem assim cobriram – me irritei e troquei). Confesso que combraram taxa de instalação que não deveriam ter cobrado etc, mas pelo menos quando liguei eles deram o desconto na próxima fatura.

    Eles foram bem confusos na hora de instalar, o fulano que digitou meus dados não colocou o # do apto, aí cancelaram, aí marcaram de novo, foi uma confusão. Pelo menos, nas 2 ocasiões que precisei ligar lá por falha na conexão de TV e internet os técnicos foram suuuuper solicitos, caiu a linha 3 vezes e eles retornavam, quando não conseguiram solucionar mandaram um técnico aqui.

    Como todas são ruins mesmos, acho que já estou com expectativas baixas.

Deixe uma resposta para Bea Cancelar resposta

OU COMENTE USANDO O FACEBOOK