Desencaixotando o inverno

Garagem é pra guardar coisas, o carro fica no tempo!

As árvores já perderam suas folhas, o termômetro começa a insistir em ficar abaixo de zero, você sabe que o inverno está chegando. É hora da arrumação geral de inverno.

Todo ano é assim, as nossas tralhas são rearranjadas tendo em vista o verão ou o inverno, com um pouco de exagero eu poderia dizer que é como se mudar para mesma casa; duas vezes por ano. A questão é que o Quebec tem estações bem definidas, com inverno e verão intensos e isso muda nossa rotina e os objetos que usamos de modo cotidiano.

Quem mora em apartamento, sofre com a falta de espaço para manter roupas e outros objetos para duas estações completamente diferentes. Nós demos sorte de termos um espaço para storage no prédio, onde guardamos nossas tralhas. 

Já quem mora em casa tem mais espaço, mas tem mais tralhas para arrumar: sai de cena o cortador de grama e entra o equipamento para remover a neve, e assim por diante. É comum ver casas onde a garagem fica completamente tomada de bugigangas, e o carro fica pra fora. E como garagem é lugar de coisas, para o carro existe uma tenda desmontável camada Tempo (foto acima).

Nossa mudança semestral

Para quem quiser ter uma ideia do processo de mudança, vai uma lista das tarefas dos últimos dias:

  • Subir o “enxoval de inverno” que estava guardado em malas no storage
  • Guardar roupas de verão que não serão usadas nos próximos meses nas mesmas malas
  • Rearranjar as roupas nos armários
  • Desinstalar e guardar os aparelhos de ar condicionado
  • Limpar e por em uso os umidificadores (para combater a secura causada pelo aquecimento)
  • Subir a árvore de natal e outros apetrechos
  • Guardar os pneus de verão (os pneus de inverno já estão no carro)
  • Colocar a pá e o tirador de gelo no carro
  • Encaixotar brinquedos e artigos de pic-nic: bolas, pistolas d’água, pranchas de piscina e etc
  • Desencaixotar brinquedos de inverno: trenó, prancha, boia de neve
  • Guardar os patins in-line e por para fora os patins de gelo

A arrumação nos armários é a mais complicada, regatas e chinelos dão lugar a botas e casacos. Quem tem criança tem um problema em dobro, não há nenhuma garantia de que o que servia no ano passado ainda serve. Por isso vamos colocar à venda: patins de gelo, botas e casacos de neve, etc… interessados se manifestem.

Acumulo infinito de coisas inúteis

Quando mudamos para Montreal há três anos, tivemos que separar o que iriamos trazer, o que seria doado e o que seria vendido. Naquele momento, percebemos o quanto acumulamos tralhas inúteis, ou mesmo coisas muito legais mas que viveram esquecidas no fundo de algum armário. Prometemos para nós mesmos que passaríamos a “viajar mais leve”.

Hoje em dia percebemos que ainda temos guardando uma infinidade de coisas que são usadas uma vez por ano, ou nem isso. Essas arrumações semestrais nos ajudam a lembrar da nossa promessa e passar adiante aquilo que não usamos mais. Já temos uma pilha de coisas que serão doadas, ou serão vendidas a preço módico no Kijiji. Dá um trabalho, mas vale à pena “viver mais leve”.

Posts relacionados

Enxoval de Inverno – Kit básico de sobrevivência

FAQ – Dirigindo na Neve

Vamos patinar?

Vendendo pelo Kijiji

5 opiniões sobre “Desencaixotando o inverno

  1. Eu sou do tipo que detesta guardar tralha e por mim eu só viveria com o básico. Já o marido é dos que amam ir juntando coisinhas, principalmente as miúdas… Se eu deixar ele não joga nada fora! Às vezes eu me desfaço de coisas que ele não queria que eu me desfizesse, mas ele nem nota! Hahaha!

    Tou com o pressentimento que essas arrumações semestrais vão ser motivo de discussões na minha casa, vai ser eu querendo jogar fora, doar, vender e ele querendo guardar porque podemos “precisar um dia” =P

    Abraços,
    Lidia.

  2. Olá Lídia,

    Nesse ponto eu sou meio esquizofrênico, eu me incomodo muito com o acumulo de coisas, mas ao mesmo tempo tenho uma dó danada de jogar fora (a Adriana nem pensa, joga fora mesmo).

    Diz o ditado: “quem guarda o que não presta sem tem o que precisa”. Só não tem onde guardar tanta tralha… 🙂

  3. Bueno Sandro,

    Um ponto importante é montar o abrigo para os veículos antes que comece a nevar. Meu amigo que saiu daqui de volta à Ville de Québec dia 29/11, passou todo o dia 01/12 “lidando” (trabalhando) na instalação do abrigo para os autos dele, porque a esposa não faz isso. Agora, o que não entendo é, estando já na faixa dos 60 anos, por que não contratam um serviço de montagem/desmontagem, já que é oferecido pela Tempo, por exemplo. Custa muito caro?
    Abraço,
    Fabrício

  4. Chego a conclusão que o “véio” faz o serviço de teimoso. Isso que ele tem um filho em casa, na faixa dos 25 anos, que poderia fazer isso, ou ao menos ajudar. Vai entender…

Deixe uma resposta para Lidia Cancelar resposta

OU COMENTE USANDO O FACEBOOK