Processo de cidadania canadense – exame e entrevista

Guia oficial de estudo – pdf e audio estão disponíveis para download

Na semana passada demos mais um pequeno passo rumo a cidadania: fizemos nosso teste de conhecimentos gerais e nossa entrevista. Um fato interessante sobre o teste é que o resultado é dado na hora, o mais interessante no nosso caso é que nós passamos.

É claro que ficamos felizes, mas a resposta oficial é aguarde – esperar é tema recorrente desde que mandamos o primeiro dossiê para o escritório do Quebec. Entre o pedido de cidadania e o teste foram 18 meses, vou contar um pouco sobre essa fase do processo.

Sobre a prova

Não vou poder dar detalhes sobre formato e conteúdo da prova pois no começo do teste é pedido sigilo absoluto sobre como a prova é aplicada, sobre as questões e outros detalhes. O que posso dizer aqui é o mesmo que o site oficial diz: estude pela apostila oficial – clique na imagem acima para acessar conteúdo online – nós recebemos uma cópia impressa pelo correio junto com a confirmação da abertura do dossiê. Também diria que o site recomendado no post anterior também foi muito útil, fizemos e refizemos o quiz até termos certeza de dominar cada assunto, resultado: nós dois acertamos 100% da prova.

Entrevista

Depois do teste existe uma entrevista – momento déjà vu. Nessa entrevista tivemos que apresentar todos os documentos originais envolvidos no processo e nossos passaportes brasileiros. É importante que você apresente um controle detalhado das suas saidas e entradas no Canadá, para que fique provado que você esteve “fisicamente” no país durante 1 095 dias nos últimos 5 anos.

Nós, como muitos outros brasileiros, fizemos várias pequenas viagens de um, dois ou três dias aos vizinhos do sul – também conhecidos como Estados Unidos – soma-se também as férias passadas no Brasil. As entradas na terra do Tio Sam são sempre carimbadas no passaporte brasileiro, mas as reentradas no Canadá, não são, já que o documento para entrar é o cartão de RP e não o passaporte. Uma boa dica é pedir que o oficial carimbe a entrada no Canadá para manter o controle no passaporte, eu sempre esquecia disso.

As viagens curtas também complicam o cálculo, viagens de um dias apenas não contam, mas viagens de dois ou mais dias devem ser descontadas. Existem regras detalhadas que dizem que o primeiro dia de ausência não conta e que 29 de fevereiro (se houver) é descartado da conta.

Para não errar, utilize a calculadora oficial do governo. Eu ainda fiz o meu próprio controle numa planilha Excel incluindo as viagens de apenas um dia para poder explicar ao entrevistador a razão de cada carimbo da aduana americana que não aparecia na calculadora. Se o oficial não ficar satisfeito com as explicações pode pedir para você enviar documentação extra o que atrasa o processo em vários meses.

Próximo passo

Foram dezoito meses de espera até o teste e ainda temos que esperar para receber uma carta que confirma que nosso processo foi finalizado e fornece a data para jurarmos fidelidade à Rainha, cantarmos O Canada e receber o certificado de cidadania.

P.S. no momento em que escrevo isso o governo está anunciando mudanças no processo de cidadania. Comentarei as mudanças em um novo post.

2 opiniões sobre “Processo de cidadania canadense – exame e entrevista

  1. Sandro, muito legal este post! Ouvi dizer que agora as taxas serão mais altas e que serão 4 anos o tempo de permanência… aguardo novo post! Sua família está de parabéns!

Deixe uma resposta para Sandro Cancelar resposta

OU COMENTE USANDO O FACEBOOK