Vergonha: pichação brasileira em local turístico de Montreal

no commets


Isso não é arte – foto cedida pelo Ronaldo

Ontem me deparei com essa imagem na minha timeline do Facebook. Demorou alguns minutos para cair a ficha. Sim alguém pichou “Fora Temer” num muro na Place des Arts, local turístico de Montreal. É lá onde acontecem vários festivais, entre eles os Festival de Jazz e Juste pour Rire (Just for Laughs).

Para completar a vergonha, a pichação era bilíngue e a versão em francês continha um erro crasso: vat’on onde deveria ser va-t’en. Se pichar como forma de protesto é uma idiotice, pichar sobre o momento político brasileiro num outro país que não tem nada a ver com isso é total ignorância. Agora, fazer isso com erro gramatical é a redundância de imbecilidade.

Não importa o que está escrito

Antes que alguém pense que estou defendendo o Temer – alguém faz isso? – preciso explicar que não estou indignado com a mensagem escrita no muro. Pra mim tanto faz se é fora Temer, fora Dilma, fora FHC ou fora FMI. O que me incomoda é a imagem que fica dos brasileiros, vândalos, desrespeitosos e criminosos. Afinal pichação é crime.

Mas alguém pode dizer – tem pichação em Montreal – sim, tem. Mas normalmente pontos turísticos e monumentos da cidade são respeitados. Aliás o centro da cidade costuma ser isento de pichação. E diga-se, pichação não é arte e não deve ser confundida com o grafite.

Uma coisa que me incomodou ainda mais, foram certos comentários no Facebook de brasileiros que moram aqui em Montreal, achando isso interessante e que isso mostraria que o brasileiro é irreverente. Outros tentaram diminuir o escândalo imaginando que: não foi um brasileiro que escreveu ou que não era spray mas neve suja ou simplesmente achando o cara um herói. Sem comentários.

Efeito bumerangue

Uma coisa que eu tenho em mente desde que me mudei para o Canadá, é a dualidade entre aquilo que eu faço e a possibilidade de sofrer preconceito. É como um efeito bumerangue, aquilo que eu faço certo hoje volta pra mim amanhã em forma de respeito e aceitação. As besteiras que eu faço hoje, manchando a imagem dos brasileiros, também voltam pra mim amanhã em forma de preconceito e discriminação.

Em Montreal, felizmente, são raros os relatos de brasileiros dando jeitinho, andando fora da lei ou tentando burlar o sistema. Os poucos brasileiros que fazem isso passam desapercebidos porque os próprios locais são também meio malandrinhos, sem falar nos outros imigrantes. Mas quando vejo esse tipo de coisa começo a ficar preocupado, será que vamos importar do Brasil os nossos defeitos?

O brasileiro, por sua cultura, tem várias virtudes. A adaptabilidade, o bom humor, o calor humano, a criatividade e muitas outras qualidades devem ser trazidas do nosso país, mas temos deixar lá aquilo que não presta. Nas primeira semanas aqui participei da palestra do governo do Quebec sobre adaptação e a integração. E a palestrante – que por acaso era francesa, e portanto também era uma imigrante – disse a seguinte frase aos vário imigrantes recém chegados: “cuidado com as suas atitudes, não manche a imagem do seu país de origem, porque você vai acabar criando preconceito contra você e seus conterrâneos”.

Na perspectiva dessa frase, só consigo desejar duas coisas: que essa pessoa reflita e nunca mais faça isso e que apaguem logo essa porcaria.

EDIT

No dia, muitas pessoas comentaram nas redes sociais e postaram diferentes fotos de difetentes ângulos. Não foi photoshop!

photogrid_1480948233416

24 opiniões sobre “Vergonha: pichação brasileira em local turístico de Montreal

  1. Artigo altamente tendencioso!
    Moro em Montreal ha quase 17 anos, ja ajudei e ajudo muita gente e participei da discussao q tem esta foto como tema central em 2 grupos diferentes!
    Falta muita interpretaçao de texto!
    O erro maior q foi cometido nos grupos e está sendo repetido nesta coluna é o julgamento antecipado.
    Ninguem é a favor de pichaçao, q é ofensa criminal punida por multa aqui pra estes lados.
    O q se debateu é q ninguem sabe se x autorx é brasileirx.
    E que assumir que a pessoa é de nacionalidade brasileira é uma leviandade.

    • Você diz que o artigo é tendencioso, eu digo que tu é inocente demais. Sim, pode ter sido inclusive um macaco treinado que pichou a parede, mas vamos trabalhar com as coisas mais prováveis e possíveis.

    • Ola Stella, qual seria o interesse de alguém de outra nacionalidade escrever : Fora Temer?
      Nao penso que o autor foi leviano, mas que sua interpretaçao é naive quando tenta atribuir o ato à alguém que nao seja brasileiro.

      • Eduardo, moro em Montreal a 4 anos e acho bem possivel que seja alguém tentando atribuir aos brasileiros esta porcaria. Mas, uma coisa é certa. Isto é uma vergonha para a comunidade brasileira.

    • Stella,

      Esse é um texto de opinião e portanto ele é tende à visão do autor. Diferente de um artigo ou notícia que devem ser neutros.

      Por que escrevi assumindo que foi um brasileiro? Porque as evidências indicam assim: 1. assunto brasileiro, 2. texto em português (certo), 3. texto em francês (errado).

      Mas mesmo que tenha sido escrito por um Iroquois, não importa. O assunto da pichação e o texto em português mantêm a associação do Brasil com o vandalismo e, portanto, não invalidaria o restante dos argumentos desse post,. O qual, fala sobre nossa responsabilidade como neo-canadenses e não critica brasileiros em geral nem tendencias política A ou B.

  2. Só um brasileiro seria burro o suficiente para pichar uma coisas dessas e com erro gramatical. Não tem discussão quanto a isso. Me assusta ver o mesmo povo tentando tapar o sol com a peneira. O que vai acabar acontecendo é que em pouco tempo países estrangeiros vão começar a colocar barreiras para imigração de brasileiros por causa desse tipo de atitude.

  3. Gente. Uma sugestão simples. Junta um grupo de brasileiros, veja junto com a prefeitura ou sei lá qual o órgão responsável se podem ir lá limpar esta e qualquer outras pixações encontradas na área como trabalho voluntário. Não precisa entrar em discussão complexa, entra com atitude decente e deixa claro que a ação não representa a comunidade brasileira. Se eu estivesse ai, que espero estar em breve, ia lá com você : ) Pronto.

  4. Um verme desses merecia ser deportado de volta ao brasil, de onde ele jamais deveria ter saido. Se está tão preocupado com a atual situação política do país da piada pronta e sem futuro, volte a viver nele.

  5. Gostei muito do seu texto, reflete o que tb senti. Passei lá e vi pessoalmente, antes mesmo de cair nas redes. Comentei com meu marido sobre o erro grotesco do texto em francês e que não tiraria uma foto, pois quem fez isso, não merece ibope. Senti vergonha, muita. E posso garantir que não é neve suja, pois vi bem antes da neve. A única coisa que me intriga é pq essa pessoa resolve viver no Canadá, se não é a favor do seu modelo de política e não respeita suas regras? Triste! Mas gostei da ideia de limparmos.

  6. É vergonha para que fez a pichação, e somente para ele. Nós brasileiros temos que nos envergonhar pelas ações de um indivíduo, que nem sabemos com certeza se é de nossa nacionalidade ?
    As palavras e motivações de quem escreveu está matéria é típica de gente com complexo de vira-latas. Pelas palavras usadas é alguém que se acha moralmente superior aos seus compatriotas e inferior aos canadenses(aos quais deseja provar ser civilizado).
    Fique por aí sofrendo de teu complexo.

  7. Dizer que foi outra pessoa tentando se passar por brasileiro é mais do que inocência, e mais uma vez o brasileiro ‘dando um jeitinho’ de se safar da culpa.. Vamos ser realistas, as pessoas de outros países tem mais o que fazer do que se preocupar com a vida alheia… Brasileiro acha bonito até cuspir na cara do outro! O que e uma pichação perto disso? Respeito pelas pessoas passa longe na cabeça de muitos dos nossos conterrâneos (infelizmente).

  8. Isso e simplisemente uma obra no Photoshop… Alguem foi verificar ? Fui logo que eu vim a imagem… nada, nem traças. Ou eles liparao rapidinho ou foi uma obra no photoshop de uma pessoa que detesta a democracia e enta ridiculisar o movimento do fora Temer.

    • Alexis, acho que vc está brincando ou sendo irônico. Mesmo assim coloquei uma colagem com as diferentes fotos postadas por diferentes usuários do Facebook tiradas em diferentes ângulos só para não deixar dúvidas.

      • tudo bem… fez bem. Mesma assim acho que o proposto de julgar essa idiotiça e bem partisano. um cara bebado saindo de boite faz uma merda e vai tirar conclusoes… E um ato idiota, mas sem nenhuma comparaçao com o desastra que o Temer representa para o Brasil. O problema e que essas fotos virarao argumento para jutificar uma forma de intolerencia e generalisar, quand muitos pederiao ter feito esse tipo de besteira quando adolescentes…

  9. Vimos pichações semelhantes a essa da foto na Europa, com português bem escrito. Seria muita ingenuidade da minha parte achar que não foram brasileiros… Nem se eu tentasse imaginar que poderiam ter sido os próprios europeus eu conseguiria, até porque o ódio do momento por lá são os imigrantes refugiados, se quisessem manchar a reputação de algum grupo em específico seriam a dos refugiados… Diante disso eu me pergunto se a autoria da pichação na foto seria de alguma outra nacionalidade que não fosse brasileira…. Difícil imaginar algum grupo querendo manchar a reputação do brasileito em Quebec… Até porque nem precisariam, os brasileiros o fazem sozinho, sem esforço algum… É assim nos EUA, na Europa, e até no Japão, onde são famosos pelos furtos em mercearias…

Deixe uma resposta

OU COMENTE USANDO O FACEBOOK